SEO

Canibalização de palavras-chave: o que é e como prevenir

A canibalização de palavras-chave está cada vez mais no seu auge no marketing online. A expressão pode parecer algo forte, mas não tem que ser necessariamente um problema se sabermos como evitá-lo e reduzi-lo.

Neste post vamos aprender mais sobre a canibalização SEO com alguns dos exemplos mais comuns que encontramos nos sites. Daremos também pautas para trabalhar a canibalização e evitá-la no futuro. Continue a ler!

O que é a canibalização de palavras-chave?

Em SEO chama-se canibalização ao aparecerem várias URLs para a mesma palavra-chave.

Poderia dizer-se que, quando se criam muitos conteúdos sobre uma mesma palavra-chave, acaba-se por sair várias vezes no topo das pesquisas. No entanto, esta prática é mais prejudicial do que parece.

Com esta canibalização, o resultado aparece menos otimizado, perde-se a possiblidade de ampliar o mapa de keywords e, ao oferecer diferentes URLs, os rastreadores dedicarão os seus recursos de Crawl Budget com páginas que não são tão importantes, tirando tempo importante para reconhecer as páginas que verdadeiramente importam.

Como detetar a canibalização?

Embora exista ferramentas que nos tornam a vida mais fácil como o Sixtrix, aHrefs ou o SEMrush, detetar esta concorrência entre URLs e o trabalho posterior pode ser bastante entediante.

Se não tiver à mão estas ferramentas, a melhor maneira de detetar a canibalização de palavras-chave é bastante óbvia: selecionar as keywords mais importantes para a página, pesquisá-las como em modo privado e ver se nos resultados de pesquisa se compete por mais do que uma keywords. Para tal pode ajudar a o seguinte endereço:

site:www.oseusite.com “keyword”

Se puder aceder ao SEMrush ou a qualquer outra ferramenta que dê uma lista de palavras-chave orgânicas, apenas terá de descarregar a lista. De seguida terá de ordenar por palavras-chave e ver quais as que estão a aparecer por mais do que uma URL. É aí que terá que trabalhar.

 

Ejemplos de Ahref y Semrush para auditar la canibalización

O Ahref eo SEMrush dão-nos informação de posicionamento das palavras-chave de um site para auditar a canibalização.

Eliminar a canibalização é sempre algo positivo?

Se é possível evitar a priori, é positivo criar uma estrutura correta de palavras-chave. Contudo, quando já existem várias URLs do site a competir pela mesma palavra-chave, devemos ser cautelosos sobre como lidar com isso.

Antes de decidir o que fazer com esse conteúdo, é importante ter em conta alguns aspetos:

  • Rever o tráfego, conversões e a rejeição das URLs que competem.
  • Rever os links de entrada das URLs.
  • Obviamente, rever que URL está melhor posicionada para as keywords que interessam e se alguma de elas está a aparecer por outras palavras-chave importantes.

Uma vez que tenhamos estes dados podemos decidir se se deixa o conteúdo como está, se se otimiza com palavras-chave diferentes, ou se é melhor eliminar parte e ficarmo-nos com uma única URL a dirigir ao resto.

Que tipos de canibalizações SEO podemos encontrar?

Apresentamos agora os tipos de canibalização de keywords mais comuns em páginas web.

Canibalização em e-commerce

Um dos casos mais claros que ocorrem no e-commerce costuma ser a canibalização das categorias da página por fichas de produto ao fazer pesquisas mais genéricas. Isto é normal porque muitas vezes estas URLs de produto em concreto receberem mais menções externas que as próprias de categoria. Tal é igualmente comum porque se otimizam as URLs com as mesmas keywords que as categorias principais.

Por outro lado, também podemos encontrar URLs com parâmetros de tamanho, cor, etc, saindo por cima da URL canónica do produto.

Em qualquer um destes casos o utilizador que procura um produto não estaria a receber toda a informação da categoria principal, mas antes a informação de um em concreto.

O que fazer para solucioná-lo?

Neste caso recomendamos que as keywords escolhidas para as fichas de produto sejam muito mais específicas que para as categorias. Além disso, sempre que seja possível, recomendamos que as etiquetas não sejam indexáveis para evitar duplicações que sobrecarreguem o rastreio.

Um exemplo de divisão de keywords para um ecommerce de roupa poderia ser o seguinte:

Uma forma de evitar a canibalização de palavras-chave num e-commerce

Canibalização de palavras-chave num site/blog

Uma das canibalizações mais comuns é a que ocorre num site ou blog. É muito comum que os blogs, devido à sua criação de conteúdo regular, acabem por “comer” posições aos sites. Deste modo é fácil que, ao fazer uma pesquisa por uma keywords com intenção de compra, apareça um artigo do blog que fala sobre um produto em vez da própria ficha do produto.

Também a estrutura dos blogs pode fazer com que as categorias e tags do blog possam aparecer por cima das da página principal e acabem por se produzir duplicações.

O que fazer para solucioná-lo?

O mais recomendável passa por criar um mapa de keywords tendo em conta o site e o blog. Através deste mapa global definem-se quais são as palavras-chave para o site principal e quais são para as secundárias que ajudam a ampliar ou completar a informação através dos posts.

A recomendação geral é que a página principal abrangerá palavras-chave mais genéricas e, no blog, mais palavras-chave de longtail. Além disso, é recomendável que se os posts falam sobre algum tipo de produto ou serviço do site principal, este conceito esteja hiperligado corretamente para favorecer a conversão.

Canibalização dentro do próprio blog

O blog pode competir com a página principal como vimos, ou então com ele mesmo. Ao criar muito conteúdo é inevitável que em várias ocasiões se acabe por otimizar por palavras-chave semelhantes ou iguais.

O que fazer para solucioná-lo?

Sempre que se detete um caso de canibalização de palavras-chave entre conteúdos é recomendado valorizar qual deles é o mais potente, seja por estar melhor posicionado, atrair mais tráfego ou conversões ou por estar mais atualizado. Quando tenhamos esse post identificado deve-se completar com mais informação se for necessário, criando assim um conteúdo de muito maior qualidade, e redirigir os posts descartados para este principal.

Canibalização de palavras-chave em SEO/SEM

Por vezes, ao apostar em estratégias de SEO e de SEM podemos cair na canibalização do SEO a partir das campanhas de paid devido à seleção de keywords. Isto ocorre de uma maneira muito clara quando se aumenta o investimento nas campanhas de marca.

O que fazer para solucioná-lo?

Sempre que possível, é recomendável que ambos os serviços trabalhem conjuntamente. Em SEO podem-se abordar keywords que tenham um custo alto para SEM e ao contrário, a partir de SEM pode-se apostar em keywords mais difíceis de alcançar com o SEO, o que requerem um posicionamento mais rápido.

O trabalho conjunto destes dois serviços é a chave para otimizar os orçamentos e evitar canibalizações.

Embora às vezes a canibalização de palavras-chave seja inevitável, é possível minimizá-la com uma estratégia prévia de palavras e um trabalho no site que tenha em conta todas as partes e serviços. Se acha que o seu website sofre de canibalização de palavras-chave e necessita da nossa ajuda para solucioná-la, escreva-nos!

FacebookWhatsAppTwitterShare

Se gosta deste post...

Marketing de Conteúdos SEO

Meta descrições eficazes: use-as para aumentar o seu CTR

29
Escrito por Gema Diego
Afinar as meta descrições das páginas do seu website é a chave para aumentar os seus resultados de pesquisa. Para tal, é necessário ter em conta uma série de requisitos formais de redação e estar consciente de que, embora este elemento não influencie diretamente no seu posicionamento SEO, otimizá-lo beneficiará consideravelmente a sua visibilidade na Internet. Contamos-lhe como fazê-lo.
SEO

Cinco conselhos básicos para otimizar conteúdo

56
Escrito por Juan Pina
Ao escrever o conteúdo de uma página, quer se trate de um post num blog da empresa, quer se trate da informação acerca de um produto no catálogo do seu ecommerce, deve ter em conta a difusão. Para tal é necessário otimizar o conteúdo.
Mestrado em Marketing Digital SEO

Wikipedia: que benefícios para o SEO?

57
Escrito por Teresa Oter
Sabemos que existem muitas técnicas para melhorar o posicionamento orgânico, mas neste post centraremo-nos em como utilizar a Wikipedia para conseguir esta melhoria no posicionamento. Quer saber mais? Continue a ler!
SEO

Link Juice: O que é e como afeta o SEO?

57
Escrito por Teresa Oter
Quando posicionamos o nosso site na Internet, e especialmente nos motores de pesquisa, devemos trabalhar nos links SEO e na autoridade do nosso site, uma vez que sabemos que o Google posiciona os sites em função da sua autoridade e relevância, entre outros fatores SEO. Para tal, um dos conceitos importantes a ter em conta é o Link Juice.
Estratégias de Marketing Digital Marketing Online SEO

Como aumentar o seu tráfego web?

101025
Escrito por Sophie Perrin
Que técnicas existem para conseguir mais visitas num site? Siga os nossos conselhos e com um pouco de organização aumentará o seu tráfego web.
SEO

Snippets em destaque: o que ganha em visibilidade perde em tráfego?

29
Escrito por Gema Diego
O internauta lança uma pergunta, o Google dá-lhe a resposta. Mas nem sempre o faz com resultados de pesquisa num formato standard. Contudo, em 19% dos casos - segundo um estudo da Stone Temple - mostra também uma espécie de elemento enriquecido, como uma peça extraída pelo grafo de conhecimento (Knowledge Graph) na coluna da direita ou um snippet em destaque.
SEO

Dados estruturados: melhore o seu posicionamento nos resultados do Google

29
Escrito por Gema Diego
Os dados estruturados são complementos que aparecem junto do meta título e da meta descrição que formam um resultado de pesquisa no Google. Costumam acrescentar informação concreta sobre um produto, pessoa, evento, etc., de forma a que o utilizador obtenha uma vista das chaves que necessita para decidir se lhe interessa fazer clic num determinado link.

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fechar
X